essa tal de nowdernidade

Artists are looking for a new modernity that would be based on translation: What matters today is to translate the cultural values of cultural groups and to connect them to the world network. This “reloading process” of modernism according to the twenty-first-century issues could be called altermodernism, a movement connected to the creolisation of cultures and the fight for autonomy, but also the possibility of producing singularities in a more and more standardized world.”

Ao invés de focar na tradução, como faz Bourriaud, o nome Nowdernidade evoca o conceito de sociedade always on, um conceito que vem sendo trabalhado no Brasil maravilhosamente por Eduardo Pellanda). Segundo o conceito de sociedade always on, a sociedade contemporânea é marcada pela experiência de uma temporalidade contínua através das tecnologias móveis e do acesso ubíquo às redes. A experiência da mobilidade espacial e da temporalidade de um presente que é literalmente contínuo são elementos centrais que determinam a identidade e o espírito da nossa época. Ao invés de escolher o nome Altermodernidade, escolhemos o termo Nowdernidade, trazendo a temporalidade e a mobilidade como características determinantes da nossa época. Assim como Eduardo Pellanda manteve o idioma inglês no uso do conceito always on, também optei por integrar a palavra Now (agora, em inglês) ao português – expressando também a ubiquidade do idioma inglês em nossa época.

Nossa experiência temporal e espacial está se transformando devido à mobilidade tecnológica e à sensação de um always on que afeta a própria cultura: o lugar é sempre aquele aonde estamos; o tempo é sempre o tempo presente. Diversos pensadores e acadêmicos já começaram a analisar estas transformações. Slavoj ZizekGiorgio Agamben vem nos alertando para as novas formas de expressão política que começam a acontecer como resistência (ou desistência) nesse período de transição. Bruce Sterling e Matteo Pasquinelli também estão analisando estas transformações, com os conceitos deatemporalidade e de neofeudalismo digital – espaços de imaginação sobre um futuro que já está presente.

Tendo estas ideias como ponto de partida, é que começo a explorar a identidade Nowderna e também a tentar começar a procurar por e a capturar a sua estética. Tenho conversado com artistas que pertencem, na minha opinião, a essa vanguarda, como por exemplo @juliana_mundim, @leonarduchamp, etc; e também alguns criadores e ativistas como @ritajking, @notthisbody e @venessamiemis. O resultado tem sido uma aventura colaborativa que está evoluindo em paralelo com o próprio projeto.

Como um espaço virtual para que essa colaboração possa acontecer, comecei a usar a plataforma Junto como um local onde mentes Nowdernas possam florescer. A primeira vez que usei a plataforma para uma discussão sobre Nowdernidade foi essa última quinta. A ideia é estar online todas as quintas às 9:00 da noite (são paulo) e manter o espaço aberto para quem quiser se envolver com esse projeto colaborativo.

É como se fosse um quebra-cabeças: não sabemos a imagem final que uma estética Nowderna terá, mas procurar e montar pequenas pecinhas será com certeza um processo interessante de descoberta coletiva.

Ao infinito e além (right now).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: